Resolvemos manter a bela imagem de S. Miguel ARMADO contra o inimigo como ícone da nossa campanha pela LEI NATURAL da legítima defesa e da verdade eterna. Uma semana após o início da campanha oficial, assistimos a um fenômeno interessante: enquanto já se ouve em cada esquina a esmagadora maioria dizendo um redondo NÃO ao desarmamento, acompanhado por um ou outro jornalista mais corajoso, já a cúpula da campanha em favor do SIM, com esta montanha de lindas atrizes de novela, ídolos do futebol, grandes empresas, parece desnorteada e começa a culpar essa derrocada inicial aos erros de marketing! Incrível! Abrem o jogo assim, descaradamente, sem o menor pudor. A vitória do PT em 2002 foi uma jogada de marketing, todos sabem. Hoje, a luta pelos votos do referendo também é uma jogada de propaganda, de cachê, de maior ou menor esperteza do uso da televisão, dos jornais e da internet. Como são estúpidos! Espero poder assistir em poucas semanas a uma reação humana, viva, de um povo que não agüenta mais ser enganado e que vai rechaçar o referendo manipulado e manipulador, como espero também que rechacem os políticos corruptos, que estão se beneficiando de liminares sujas para escapar de serem caçados do Congresso Nacional. Escaparam pela lei, mas não escaparão nas urnas.

Para sair, feche esta janela